NOTICIA

Pandemia: o que é, casos na história, COVID-19

18/03/2020 08:58

Pandemia é um termo utilizado para descrever uma situação em que determinada doença apresenta uma distribuição em grande escala, espalhando-se por diversos países. Uma das maiores pandemias que já afligiram a humanidade foi a de gripe espanhola, entre os anos de 1918 e 1920, em que cerca de 50 milhões de pessoas morreram.


Atualmente o mundo está em alerta com o surgimento de uma nova pandemia, causada pelo vírus SARS-CoV-2. Os primeiros casos da doença, denominada de COVID-19, surgiram na China, no final do ano de 2019. Em meados de março de 2020, a doença já estava presente em mais de 100.


O que é pandemia

O termo pandemia refere-se a uma situação em que a ocorrência de uma determinada doença infecciosa não ocorre apenas em uma determinada localidade, espalhando-se por diversos países e em mais de um continente, com transmissão sustentada entre pessoas.

transmissão sustentada é caracterizada pela transmissão da doença por um indivíduo infectado que não esteve nos países com registro da doença a outro indivíduo que também não esteve em tais países.


A pandemia ocorre quando uma determinada doença apresenta distribuição em diversos países, em mais de um continente.


Geralmente as pandemias são ocasionadas por doenças virais, pois, em virtude da falta de medicamentos para o tratamento desse tipo de doença e da necessidade de tempo para a produção de vacinas que possam imunizar a população, elas acabam sendo transmitidas mais facilmente.

Embora a declaração pela Organização Mundial de Saúde (OMS) do surgimento de uma pandemia cause um certo temor na população, essa declaração não está relacionada com a gravidade da doença, mas, sim, com a sua distribuição geográfica, indicando que toda a população mundial corre o risco de adquiri-la.

Diferença entre endemia, epidemia, pandemia e surto

Endemia, epidemia, pandemia e surto são alguns termos utilizados pelos setores de saúde para caracterizar a ocorrência e distribuição de algumas doenças. Entenda cada um deles:

  • Surto: é caracterizado pelo surgimento de um grande número de casos de determinada doença em uma região. No Brasil, é observado o surgimento de surtos de dengue, principalmente em abril, em decorrência do período chuvoso.
  • Epidemia: está relacionada com o aumento do número de surtos, que não ficam restritos a apenas uma determinada região. Um exemplo de epidemia no Brasil ocorre também com a dengue, quando o número de surtos aumenta de tal forma que os municípios e os estados declaram o surgimento da epidemia.
  • Endemia: está relacionada com a ocorrência de um frequente número de casos de determinada doença em uma região mais restrita. No Brasil, por exemplo, a febre amarela é considerada uma doença endêmica da Região Norte.
  • Pandemia: está relacionada com a distribuição de uma doença a nível mundial, com a ocorrência de casos em diversos países, como a COVID-19.

Um breve histórico sobre pandemias

Um dos primeiros relatos de pandemia data do ano de 1580, quando uma doença causada por um vírus influenza, que surgiu na Ásia, espalhou-se pela África, Europa e América do Norte.

Diversas pandemias surgiram em seguida, como a disseminada pelo vírus HIV, causador da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). Acredita-se que essa pandemia tenha surgido na República Democrática do Congo, em 1920. Após a transmissão homem-animal, em Camarões, no fim do século XIX, o vírus chegou à capital da República Democrática do Congo, onde encontrou um ambiente propício para sua propagação para o resto do mundo, como mudanças culturais, comportamentais e uma grande rede ferroviária pela qual circulavam milhares de pessoas anualmente.

A maior de todas as pandemias, no entanto, foi a gripe espanhola, entre os anos de 1918 e 1919. Acredita-se que cerca de 40% da população mundial tenha sido contaminada, e cerca de 50 milhões de pessoas tenham morrido.


Hospital do Exército, em Nova Iorque, durante pandemia de gripe espanhola.

Dentre as pandemias mais recentes, podemos citar a de gripe A ou H1N1, no ano de 2009. Os primeiros casos surgiram como uma variante da gripe suína no México. Um total de 187 países registraram casos da doença e cerca de 300 mil pessoas morreram. Atualmente, o mundo encontra-se diante de mais uma pandemia, a do COVID-19, como veremos a seguir.

Pandemia de COVID-19

COVID-19, doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, teve seus primeiros casos apresentados na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei, na China, no final do ano de 2019. A doença pode apresentar-se como uma infecção branda, podendo também desencadear pneumonia, insuficiência respiratória e até a morte.

No dia 23 de janeiro de 2020, foi decretada quarentena na cidade de Wuhan, no entanto, a doença não ficou restrita àquela localidade e espalhou-se, primeiramente, pela China, em seguida, Ásia e, assim, para outros países. No dia 11 de março do mesmo ano, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou estado de pandemia da COVID-19. Naquela data, já havia mais de 118 mil casos da doença registrados em mais de 100 países e 4.291 mortes. Saiba mais sobre a COVID-19 lendo nosso texto: Coronavírus.

Fonte: UOL/Biologianet






MEC permite incluir atividades a distância no calendário do ano letivo

04/06/2020 11:30

Instituições precisam declarar os dados até 5 de junho

04/06/2020 11:08

Lançada a terceira edição do Comunitárias Briefing

03/06/2020 17:06

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.