NOTICIA

Aplicação do Enem 2021 Digital será presencial

30/06/2021 07:31

Versão em computador do exame seguirá a mesma estrutura logística da impressa. Participantes deverão comparecer aos locais de prova definidos pelo Inep.


Aversão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 irá seguir a mesma logística do Enem impresso. As provas serão aplicadas em locais definidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sob as mesmas condições de segurança e sigilo. Portanto, o participante deverá comparecer aos locais de aplicação, que estarão indicados no Cartão de Confirmação de Inscrição, a ser divulgado em novembro. Não haverá prova em casa ou realizada por meio de computador pessoal. Ao todo, 99 municípios brasileiros receberão o Enem Digital.

Tanto a versão em computador quanto a impressa serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, além de contarem com itens iguais e o mesmo tema de redação. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro Cadernos de Questões e a redação. Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração. No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Inscrições – O período de inscrições para as duas versões, assim como o prazo para solicitar atendimento especializado, começa nesta quarta-feira, 30 de junho, e vai até 14 de julho. Os procedimentos deverão ser realizados por meio da Página do Participante. No momento da inscrição, a pessoa deverá indicar qual modalidade deseja realizar (impressa ou digital). Ao todo, serão 101.100 vagas para a versão em computador.  

O Enem Digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou que está concluindo a etapa em 2021. Dessa forma, os participantes que desejarem fazer o Enem para fins de autoavaliação — os chamados “treineiros” — deverão se inscrever para a versão impressa. Vale ressaltar, ainda, que todos os interessados em fazer o Enem 2021 deverão se inscrever, independentemente de terem adquirido a isenção da taxa de inscrição. 

Recursos – Como novidade para este ano, a versão digital terá recursos de acessibilidade para a realização do exame. Os participantes que tiverem pedido de atendimento aprovado pelo Inep poderão realizar, por exemplo, prova ampliada e superampliada.

Em casos de solicitações deferidas, ainda será permitido que os inscritos usem materiais próprios que auxiliem na realização da prova no computador, caso seja necessário. Tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), tempo adicional e salas acessíveis também são recursos previstos no edital da modalidade digital. 

Login – É preciso ter o login único dos portais gov.br para inscrever-se no exame, acompanhar a situação das solicitações e entrar com possíveis recursos. Quem não possui o login pode criá-lo no endereço eletrônico acesso.gov.br. O acesso único ao gov.br faz parte do processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. É necessário se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços prestados. O cadastro garante maior segurança e transparência na utilização dos sistemas.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Confira o edital do Enem 2021 digital

Acesse a Página do Participante

Saiba mais sobre o Enem

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep


CNPq lança 19ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica

24/01/2022 07:36

Enade 2022 avaliará áreas vinculadas ao ano III do 6º ciclo

24/01/2022 07:24

Inep divulga o cronograma de exames e avaliações de 2022

24/01/2022 07:19

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.