NOTICIA

Comissão de Educação vai debater mudanças curriculares e avaliação da aprendizagem

23/02/2022 07:23

  • O debate foi sugerido pelo senador Marcelo Castro (MDB-PI) e pela senadora Leila Barros (Cidadania-DF).

O debate foi sugerido pelo senador Marcelo Castro (MDB-PI) e pela senadora Leila Barros (Cidadania-DF).


A Comissão de Educação (CE) promove audiência pública semipresencial, na quinta-feira (24), a partir das 9h, para debater a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e “o impacto das mudanças curriculares no ensino e nos processos de avaliação da aprendizagem”. O debate foi sugerido pelo senador Marcelo Castro (MDB-PI), presidente da CE, e pela senadora Leila Barros (Cidadania-DF), vice-presidente da comissão.


“Uma grande revisão curricular está sendo levada a efeito em cada sistema de ensino do Brasil. Uma reforma com enormes impactos na educação brasileira e que precisa ser acompanhada, monitorada e avaliada para que apresente os resultados que foram prometidos quando de seu desenho e instituição por meio de normas legais”, dizem os autores no requerimento de audiência pública (REQ 32/2021- CE).


Já confirmaram participação na audiência pública Hugo Heleno Camilo Costa, da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd); Ocimar Munhoz Alavarse, professor na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP); e Marcelo Ferreiro da Costa, representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).


Também foram convidados para o debate representantes do Conselho Nacional de Educação (CNE), do movimento Pela Base, do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).


“Novos documentos curriculares devem ser elaborados de forma democrática, com a participação das comunidades escolares, gestores, especialistas e demais interessados e ser aprovados pelos respectivos órgãos normativos, onde houver esta previsão. Esse processo está em curso e os novos currículos começam a ser implementados nas redes em um processo de transição dos antigos para os novos, alinhados à BNCC”, explicam Marcelo Castro e Leila Barros.


Fonte: Agência Senado

Senado analisa uso de recursos da saúde para custear piso da enfermagem

04/10/2022 09:33

Brasil é o 2º país com maior proporção de jovens sem trabalhar e sem estudar

04/10/2022 09:21

Congresso terá 8 membros na bancada da educação e da ciência

04/10/2022 08:48

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

[email protected]

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.