NOTICIA

Cooperação Internacional: MEC vai retomar programa de cátedras no Reino Unido

27/05/2022 07:21

Victor Godoy e a comitiva do MEC, com participação da CAPES, cumprem agendas para troca de experiências no território britânico

O ministro da Educação, Victor Godoy, anunciou, nesta última quinta-feira (26), o relançamento do Programa Cátedra do Brasil no Reino Unido. O titular do Ministério da Educação (MEC), acompanhado de secretários, assessores e da diretora de Relações Internacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Lívia Palumbo, assinou uma declaração de intenções com universidades inglesas, em Londres. A última cátedra no país foi em 2018.

O Programa tem como objetivo enviar ao exterior professores, pesquisadores, intelectuais e formuladores de políticas públicas, proporcionando ambiente propício para a análise da função desempenhada pelo Brasil no cenário mundial e das posições adotadas pelo país em temas globais. Além disso, auxilia na divulgação da cultura e da ciência brasileiras no Reino Unido. A CAPES concede bolsas aos brasileiros participantes.

De acordo com Godoy, a medida visa assegurar a presença brasileira em plataformas privilegiadas para a produção e difusão de conhecimento sobre o Brasil em um país que é, reconhecidamente, um centro global de excelência acadêmica.

"A assinatura de hoje é um marco importante para educação brasileira. Esperamos em breve consolidar este acordo, relançar as cátedras e proporcionar mais opções de ensino de qualidade para a pós-graduação brasileira", afirmou o ministro.

Entre as instituições de ensino do Reino Unido que assinaram a carta de intenções, estão a Universidade de Cambridge, King's College da Universidade de Londres, Universidade de Oxford Institute of Education da Universidade de Londres.

A diretora de Relações Internacionais da CAPES, Lívia Palumbo, explicou como funcionarão as tratativas. “A partir do acordo celebrado, a CAPES fará reuniões virtuais com representantes das quatro universidades para a definição das áreas específicas de atuação dos professores brasileiros. Documentos oficiais já estão sendo preparados para, com isso, darmos encaminhamento aos editais de convocação”, destacou.

Em diferentes momentos da cooperação entre os dois países foram implementadas quatro cátedras: Cátedra Anísio Teixeira, no Instituto de Educação da University College London, na área de educação; Cátedra Rio Branco, na Universidade de Oxford, na área de relações internacionais; Cátedra Rio Branco, na King’s College London, na área de relações internacionais; e Cátedra Celso Furtado, na Universidade de Cambridge, na área de história e humanidades.

O ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil no Reino Unido, Roberto Doring, destacou a importância do relançamento do Programa Cátedras. “Essa assinatura é fundamental, pois as relações entre o Brasil e o Reino Unido são antigas e densas, e a cooperação educacional é uma parte central dessas relações. É um motivo de grande satisfação essa intenção demonstrada e a sensibilidade do ministro Victor Godoy em atender. Isso vai ampliar a permanência do Brasil em espaços de excelência no Reino Unido e estimular também que acadêmicos britânicos vão ao Brasil fazer as suas pesquisas, seus estudos”, afirmou. 

Agendas bilaterais
No quinto dia de agendas no Reino Unido, a equipe do MEC também realizou visitas institucionais em importantes instituições de ensino do país. Além do ministro, os secretários de Educação Básica, Mauro Rabelo, de Educação Profissional e Tecnológica, Tomás Sant´Ana e de Educação Superior, Wagner Vilas Boas, assessores e técnicos puderam conhecer as instalações e os métodos de ensino de uma faculdade de educação superior focada em educação e formação técnica e profissional.

Além de visitas a universidades, a comitiva do Ministério da Educação teve a oportunidade de conhecer uma escola inclusiva que tem uma excelente oferta para crianças com necessidades educacionais especiais.

Legenda das imagens:
Banner e imagem 1: Ministro Victor Godoy e equipe do MEC participam de assinatura de acordo para relançamento de cátedras no Reino Unido (Foto: Marcela Lima - MEC)
Imagem 2: Lívia Palumbo, diretora de Relações Internacionais da CAPES, assina carta sobre programas cátedras com Reino Unido (Foto: Marcela Lima - MEC)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).


Senado analisa uso de recursos da saúde para custear piso da enfermagem

04/10/2022 09:33

Brasil é o 2º país com maior proporção de jovens sem trabalhar e sem estudar

04/10/2022 09:21

Congresso terá 8 membros na bancada da educação e da ciência

04/10/2022 08:48

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

[email protected]

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.