NOTICIA

Cursos tecnológicos crescem 11,5% em um ano

25/11/2020 17:52

Grau acadêmico corresponde a 14.2% das matrículas na educação superior, em 2019. Censo revela ainda que 58,1% desses estudantes cursam ensino a distância 


Entre 2018 e 2019, o número de matrículas em cursos tecnológicos cresceu 11,5%, o maior índice entre os graus acadêmicos, incluindo licenciatura e bacharelado. Dados do Censo da Educação Superior 2019 revelam que, com esse aumento de matrículas, os cursos tecnológicos concentram 14,2% do total de estudantes matriculados na graduação. 

Ainda de acordo com o levantamento, 58,1% desses estudantes (710.827) cursam a graduação tecnológica por ensino a distância (EaD). Por outro lado, 41,9% dos alunos de cursos tecnológicos (513.024) optaram pelo ensino presencial, em 2019, entre os cerca de 1,2 milhão de estudantes desse grau acadêmico. Os números reafirmam a tendência de crescimento do EaD na educação superior brasileira, conforme verificado pelo censo. A pesquisa mostra também que, entre as 16.425.302 vagas disponíveis para a graduação, em 2019, 63,2% (10.395.600) foram ofertadas na modalidade a distância. 

Dos alunos matriculados em cursos tecnológicos, 85,9% frequentam a rede privada, na qual 66% cursam a graduação na modalidade EaD. Em contraponto, 14,1% do total de estudantes de cursos tecnológicos são de instituições públicas de ensino. Nesse caso, ao contrário do que ocorre na rede privada, a maior parte dos estudantes frequenta cursos presenciais. Em relação às categorias administrativas das instituições de ensino, a rede estadual se destaca com mais da metade (91.462) das mais de 173 mil matrículas na rede pública.  

Já quando se trata das áreas dos cursos com maior número de alunos matriculados, considerando todas as redes de ensino, o censo revelou uma concentração na área de negócios, administração e direito (55,8%), seguida por computação e tecnologias de informação e comunicação (16%) e serviços (12,9%).  

Censo da Educação Superior – O objetivo do levantamento é oferecer informações detalhadas sobre a situação e as tendências do setor, assim como guiar as políticas públicas de educação. Após a divulgação, os dados passam a figurar como estatísticas oficiais da educação superior. O censo subsidia a formulação, o monitoramento e a avaliação de políticas públicas da educação superior, além de contribuir para o cálculo de indicadores de qualidade, como o Cálculo Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). A atuação do Inep se concentra na apuração, na produção e no tratamento das estatísticas. 

Apresentação | Censo da Educação Superior 2019

Microdados | Censo da Educação Superior 2019

Notas Estatísticas | Censo da Educação Superior 2019

Sinopse Estatística | Censo da Educação Superior 2019

Tabelas de Divulgação | Censo da Educação Superior 2019

Indicadores de Fluxo da Educação Superior

 Foto: Inep

Fonte: Inep

Inep alerta sobre tentativa de golpe com nome do Instituto

16/04/2021 13:30

Deputados e secretários de Educação lançam agenda com temas prioritários para 2021-2022

16/04/2021 13:28

Cláudia Queda de Toledo assume a presidência da CAPES

16/04/2021 13:24

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.